DANÇA DO VENTRE

   Existem várias teorias sobre a origem da Dança do Ventre, a mais aceita diz que a dança surgiu no Antigo Egito, em rituais, cultos religiosos, onde as mulheres dançavam em reverência a deusas. Raramente a Dança do Ventre hoje é praticada como um ritual religioso, mesmo que muitos ainda a vejam como uma prática sagrada. A característica mais evidente hoje dessa dança é cultural, artística e profissional. É uma dança que exercita vários músculos, desde movimentos ondulatórios dos braços e mãos até movimentos de vibrações, tremidos, batidas, rotação e sinuosos de tronco, quadril e abdômen que podem acontecer de forma isolada ou combinada. Alguns dos benefícios da Dança do Ventre são uma maior consciência corporal, melhorar o alongamento, a flexibilidade, a força muscular, a musicalidade e promover a liberdade dos movimentos, além trabalhar um resgate da autoestima e a descoberta da verdadeira essência feminina.


A partir de 4 anos

Lis Coradi
Professora
Fernanda Vitti
Professora
Carla Venturini
Professora
Daniela Semeghini
Professora